quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Cursos na Pinacoteca


fonte: http://www.pinacoteca.org.br/pinacoteca-pt/Upload/file/Cursos/divulga%C3%83%C2%A7%C3%83%C2%A3o%20do%20curso.jpg

Ensino da Arte na Educação Especial e Inclusiva

 
 
Maiores informações: http://www.pinacoteca.org.br/pinacoteca-pt/Upload/file/Cursos/Curso%20PEPE.jpg

Formação musical precoce aumenta desenvolvimento cerebral


II Congreso Nacional de Arteterapia - FEAPA


Congreso Nacional de Arteterapia

II Congreso Nacional de Arteterapia FEAPA

3, 4 y 5 de Mayo de 2013.




NORMAS DE PRESENTACIÓN DE TRABAJOS:
BASES PARA LA PRESENTACION DE COMUNICACIONES ORALES, TALLERES, PÓSTER Y OBRAS AUDIOVISUALES

Con la presente convocatoria os animamos a enviar trabajos para ser presentados en el II Congreso Nacional de Arteterapia organizado por la Federación Española de Asociaciones Profesionales de Arteterapia, FEAPA, como comunicación oral, taller, póster o video.
Los autores interesados deben tener en cuenta lo siguiente:

• La fecha límite para la recepción de los trabajos es el 15 de marzo de 2013.

• El resumen y el desarrollo de los trabajos deberán enviarse por correo electrónico a feapacontenidos@gmail.com en formato Word conforme a la normativa descrita más abajo. En el asunto deberá indicarse: II Congreso Nacional Feapa, presentación de: comunicación, taller, póster u obra audiovisual. El nombre del archivo deberá coincidir con el título del trabajo. Serán necesarios dos documentos. En el primero deberán constar: el nombre completo, el pseudónimo, el teléfono y la dirección de correo electrónico (en caso de haber más de un autor, deberá indicarse también quién es la persona de contacto). En el segundo se habrán de haber suprimido todos los datos del autor o autores, salvo el pseudónimo y el título, a fin de que pueda ser dirigida de forma anónima para su evaluación al Comité Científico.

• Los trabajos serán evaluados por el Comité Científico según los siguientes criterios: Relación con los objetivos del Congreso, expuestos en la web de la Feapa www.feapa.es. Ética. Coherencia interna. Innovación. Originalidad. Fundamentación teórica. Estructuración y estilo expositivo. Claridad en las referencias y la bibliografía.

• El número máximo de autores por trabajo se limita a tres. Los autores deberán estar inscritos en el Congreso.

• Junto con los trabajos se debe adjuntar la inscripción al congreso y el justificante de pago, al menos de uno de los autores/coautores.

• Cada autor o coautor podrá participar, como máximo, en dos pósters o comunicaciones u obras audiovisuales.

• La fecha comunicación de aceptación o rechazo de trabajos se dará a conocer antes del 15 de abril.

• Todas las notificaciones (aceptación o rechazo, día y hora de la exposición, normas de presentación, etc.) se realizarán por correo electrónico, por lo que es imprescindible indicar la dirección de correo electrónico en la que se quiere recibir la información.

• La Organización se reservará el derecho de editar el resumen.

• Los participantes cuyos trabajos hayan sido aceptados podrán optar a la publicación de los mismos en el Libro CD memoria del Congreso y en la página web de la Feapa después del congreso. Las normas de publicación serán anunciadas en la web de la Feapa.

NORMAS DE PRESENTACIÓN DE TRABAJOS
PRESENTACIÓN DE COMUNICACIÓN
  • Título del trabajo: en castellano y en inglés.
  • Autor o autores:
  • El límite de autores se establece en tres
  • Dirección de e-mail y teléfono de contacto
  • Resumen / abstract: Entre 150 y 250 palabras, en castellano y en inglés.
  • Palabras clave / Keywords: entre 5 y 7 palabras, en castellano y en inglés.
  • Desarrollo: entre 750 y 800 palabras
  • Tipografía: Times New Roman 12 pt. A 1,5 de espacio interlineal (formato digital, Microsoft Word).
  • Bibliografía básica
  • En caso de aceptación de la comunicación, el tiempo de exposición del que se dispondrá para su presentación es de 25 minutos. Es fundamental respetar este tiempo. Por lo que el moderador será riguroso en este sentido.
PRESENTACIÓN DE TALLERES DE ARTETERAPIA
  • Título del taller: en castellano y en inglés.
  • Arteterapeuta/s:
  • Dirección de e-mail y teléfono de contacto
  • Resumen / abstract: Entre 150 y 250 palabras, en castellano y en inglés.
  • Palabras clave / Keywords: entre 5 y 7 palabras, en castellano y en inglés.
  • Desarrollo: entre 750 y 800 palabras.
  • Tipografía: Times New Roman 12 pt. A 1,5 de espacio interlineal (formato digital, Microsoft Word).
  • Bibliografía básica
PRESENTACIÓN DE PÓSTER
Los pósters aceptados deberán cumplir los siguientes requisitos:
  • TÍTULO
  • Autor / es:
  • Dirección de e-mail y teléfono de contacto
  • Resumen: Entre 100 y 250 palabras, en castellano y en inglés
  • Desarrollo: entre 400 y 500 palabras
  • La dimensión será de 70 x 100
  • Imagen de alta resolución del póster.
  • Los pósters se exhibirán en el lugar asignado desde el primer día del congreso. Se asignará un horario para la sesión de presentación de pósters, durante el cual el autor deberá personarse en la sala para realizar una presentación oral de 5 minutos.
PRESENTACIÓN DE OBRAS AUDIOVISUALES
  • TÍTULO
  • Autor / es
  • Dirección de e-mail y teléfono de contacto
  • Resumen: entre 100 y 250 palabras, en castellano y en inglés.
  • Desarrollo: 400 y 500 palabras
  • Entre 5 a 10 fotografías de la obra (imágenes extraídas del vídeo presentado).
  • Las comunicaciones de obras audiovisuales serán presentadas a la sala asignada para tal fin. Se asignará un horario para la sesión de presentación de audiovisuales y cada presentación dispondrá de un tiempo de exposición de 10 minutos y 5 minutos de discusión.

Todas las citas y referencia bibliográficas seguirán la normativa APA (American Psychological Association)
Enlace donde se puede consultar esta normativa: http://www.um.es/docencia/agustinr/docum/docum4.htm#form3.

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Evento de Autismo no Rio de Janeiro




Curso: A interface da Arteterapia com a Psico-oncologia

 
 
Para quem quer se especializar em Arteterapia com a Psico-Oncologia recomendo
Regina Chiesa
 
 

contato: rchiesa@uol.com.br

Arteterapia no Piauí

Ceir na Imprensa
 
A brincadeira com tintas, lápis e papel pode ajudar na reabilitação de pacientes... com paralisia cerebral, poliomielite, doenças neuromusculares, AVC e lesado medular.
O jornal Meio Norte, do dia 21 de fevereiro de 2013, publicou matéria sobre a Arteterapia do Ceir. Veja!


fonte: http://www.jornalmn.com.br/index.php?dia=2013-02-21&coluna=29

O Mágico de Oz no Teatro Alfa


sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Mega TV - Sobre autismo


Confira os vídeos desta matéria sobre autismo no link abaixo.


A confusão entre autismo e debilidade mental não é incomum. Há sem dúvida, autistas com retardo. No entanto, a característica mais comum de quem tem autismo é a dificuldade de comunicação.
O autismo foi relatado pela primeira vez em 1943. Hoje no Brasil, são 2 milhões de autistas. Recentemente foi aprovada no Brasil, a Lei 12764/12, que institui uma política nacional para proteção aos direitos da pessoa com transtorno do espectro autista. A partir de agora, autistas passam a ter direito a um atendimento multiprofissional dentro do Sistema Único de Saúde, e assim a possibilidade de acompanhamento com fonoaudiólogos, psicólogos, neurologistas, terapeutas ocupacionais , entre outros.
Quanto antes é feito o diagnóstico do autismo, melhores são as chances no desenvolvimento da funcionalidade e de integração social.
A nossa reportagem entrevistou diversos especialistas que explicam como reconhecer um autista e como prepará-lo para o convívio em sociedade.


O programa Edição Saúde teve a oportunidade de conhecer a história do Rafinha, um autista que teve um desenvolvimento normal até um ano de idade. A partir daí, começou a apresentar um comportamento introspectivo e passou a produzir movimentos repetitivos. O pediatra que o acompanhava percebeu uma certa regressão e rapidamente o encaminhou para um neurologista que fechou o diagnóstico de autismo.
Foi a dedicação da família, a busca por informação e caminhos de aprendizado que fizeram e fazem com que o Rafinha hoje se comunique de forma eficaz e tenha uma vida feliz. Você vai conhecer algumas técnicas bastante interessantes que auxiliam a comunicação com autistas e de como o trabalho realizado com vários especialistas da área da saúde foi fundamental para o desenvolvimento dele.




 
Autismo (parte 2 de 2)
sábado, 9 de fevereiro de 2013 por admin


Dificuldade em se comunicar, problemas em interagir com outras pessoas e variação comportamental são os principais sintomas do autismo.
Na relação com o autista, os gestos são mais eficientes que palavras.
Veja neste programa , a comunicação feita com imagens que pode ajudar a estabelecer a rotina tão necessária para a tranquilidade do autista.
Autonomia é também o foco do trabalho de terapeutas ocupacionais que melhoram a questão da alimentação e das atividades do dia a dia, como tomar banho, escovar os dentes…
Conheça também os brinquedos com estímulos táteis que servem como ponte de comunicação com o autista. E a gama de possibilidades para tratar cada dificuldade do autista.

O autismo pode apresentar comportamentos contrários, como apatia ou agressividade. Neste bloco do programa, especialistas mostram como lidar com a ansiedade do autista e evitar situações constrangedoras , que tragam desconforto e estresse para o autista.
E de como a participação da família é fundamental para o sucesso de qualquer tipo de tratamento.
O Edição Saúde entrevistou também um neurocientista brasileiro que está a frente de importante pesquisa nos Estados Unidos em busca da cura do autismo.


link: http://www.megatv.com.br/edicaosaude

Revista Diversidades ( Portugal) aborda a Arteterapia com pacientes com Síndrome de Asperger


Concordo plenamente que a Arteterapia auxilia os pacientes com Síndrome de Asperger.









http://pt.calameo.com/read/000015754da763e9e874b

I Encontro Paulista sobre NeuroEducação

Eventos SP


I Encontro Paulista sobre
NeuroEducação
Neurociências, Aprendizagem e Educação


Dia: 23/02/2013
Horário: 08h30 às 17h
Local: Espaço Ítalo - Sala Magnum - Av. João Dias, 2046 - Santo Amaro - São Paulo (Como chegar)
E-mail: contato@creativeideias.com.br
Telefone: (21) 2577 8691 | (21) 3246 2904 | (21) 8832 6047 (oi) | (21) 8189 1109 (Tim)
Carga Horária do certificado de participação: 8 horas e 30 minutos.


PÚBLICO ALVO:
Professores, Psicólogos, Neurocientistas, Psicopedagogos, Fonoaudiólogos, Pedagogos, Terapeuta Ocupacional, Educador Físico, Fisioterapeuta, Familiares, Mediadores (Estagiários, Monitores e/ou Facilitadores) e Estudantes de Graduação e/ou Pós e demais interessados no assunto, além de profissionais das áreas de saúde e educação.


PALESTRANTES:

Neurociências e Aprendizagem

Ementa: A partir dos conhecimentos da neurociências é possível compreender os processos de aprender, conservar, recuperar e associar conhecimentos. É atuar na construção do conhecimento de forma eficaz , consciente e com base científica.
Sheila Pinheiro - Psicopedagoga, Aprofundamento em Neurociências e Aprendizagem, Esp. em Ed. Inclusiva pela PUC - SP, Formação no Método Teacch e em Comunicação Alternativa, Especialização e alfabetização para crianças especiais, Residência na AACD, Coordenadora pedagógica, Professora do Ens. Fund. I e II, Equoterapeuta. Realiza atendimento em consultório e orientação à escolas para inclusão escolar na Vila Mariana.
(Clique aqui e leia a reportagem com a Sheila Pinheiro para a revista Atitude São Paulo)

Psicomotricidade
Ementa: A essência do ser em movimento. Com base no saber psicomotor levar cada um de nós a buscar habilidades que irão transformar cada ação numa expressão cheia de intelectualidade, verdade e consciência. Fazer sabendo. Fazer pensando. Produzindo o corpo para adequar em muitos significados. Somos o corpo construído numa totalidade de afeto e de existência humana.
Fátima Alves - Mestre em Estudos de Ciências da Saúde e do Ambiente. Fonoaudióloga, Psicomotricista titulada pela SBP, Sócio-terapeuta Ramain-Thiers, Sócia-Titular da ABP, Docente dos cursos de pós-graduação da AVM Faculdade Integrada, Docente conteudista do curso de pós-graduação e do curso de Graduação da AVM Faculdade Integrada. Autora de livros: "Psicomotricidade: Corpo, Ação e Emoção", "Para entender Síndrome de Down", "Inclusão - Muitos Olhares, Vários Caminhos E Um Grande Desafio" e "Como aplicar a Psicomotricidade.


Práticas Pedagógicas, auxiliando a inclusão do aluno autista e de outras síndromes
Ementa: Dificuldades em sala de aula; Mitos em relação a crianças com deficiência; Avaliação e a necessidade de conhecer esta criança; Vínculo e objetivos que o professor terá com este aluno e as estratégias que poderá ser construída para atingir os objetivos com ele. Materiais construídos com sucata, e de que forma podemos utilizá-las para abordar os conteúdos da aula. Estratégia que foi utilizada com um adolescente jovem autista grave que deu certo.
Maria de Fátima Destro de Arruda - Pedagoga, Pós-graduada em Educação Especial e Psicopedagogia, Extensão universitária em Pedagogia Hospitalar-PUC-SP. Método Teacch, Pecs e PEP-R, Ensino Estruturado para crianças autistas. Professora de crianças com deficiência intelectual e autismo. Atualmente pedagoga da ABADS antiga Pestalozzi de SP, no atendimento clinico e educacional especializado a criança com deficiência.

Dislexia na Educação Infantil: Intervenções por meio de jogos, brinquedos e brincadeiras
Ementa: O objetivo do tema é mostrar através de teorias e exemplos práticos como podemos prevenir alguns dos principais sintomas da dislexia em uma fase que ainda não pode ser diagnosticada, a Educação Infantil, mas que podem ser amplamente trabalhados de modo profilático. A palestra aborda o conceito da dislexia, os tipos e as principais divisões de acordo com os sintomas e os sinais que podem indicar dislexia nas crianças da Educação Infantil, bem como a intervenção de sintomas específicos com jogos, brinquedos e brincadeiras.
Sirlândia Reis - Psicóloga. Psicopedagoga. Mestre em Psicologia: Fundamentos Psicossociais do Desenvolvimento Humano e Aprendizagem. Conselheira da Associação Brasileira de Brinquedotecas (ABBrin). Membro da International Toy Library Association (ITLA). Pesquisadora nas áreas da Educação e da Saúde. Coordenadora de projetos sobre Brinquedotecas em faculdades, onde desenvolve trabalho de pesquisa interventiva com os alunos da graduação em Pedagogia. Pioneira na instalação e na manutenção de brinquedotecas em universidades e hospitais de Guarulhos. Atua também como professora de Graduação e de Pós-Graduação. Tem vários artigos publicados no Brasil e no exterior. (Clique aqui e leia a reportagem com a Sirlândia Reis para a Veja São Paulo)


INVESTIMENTO:
• ATÉ 13/02/13 - de R$ 120,00 por:
R$ 90,00 - individual (cartão) - parcele em até 3 vezes sem juros
R$ 80,00 - individual (depósito)
R$ 70,00 - grupo (depósito) - cada inscrito a partir de 4 pessoas


• ATÉ 20/02/13
R$ 120,00 - individual (cartão) - parcele em até 3 vezes sem juros
R$ 100,00 - individual (depósito)
R$ 80,00 - por inscrito (depósito) - grupo a partir de 4 pessoas
INSCRIÇÃO:
Investimento: R$ 90,00 (cartão)

Maiores informações:http://www.creativeideias.com.br/creative/index.php?option=com_content&view=article&id=18

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Oficina - O Desenho infantil


Maiores informações: www.arteterapiamusicriarte.blogspot.com
                                   arteterapiamusicriarte@blogspot.com

Gestalt-terapia no Atencimento Grupal e Comunitário



Profissionais com distintas formações na área de Humanas coordenam grupos de apoio, de intercâmbio de experiências sobre problemáticasespecíficas, assim como projetos sociais de cunho preventivo, muitas vezes, em equipes multidisciplinares.
A Gestalt é uma abordagem que pode oferecer subsídios consistentes para este tipo de trabalho por entender o ser humano como um ser basicamente relacional.
Nossa proposta é oferecer uma fundamentação que ajude a instrumentar o terapeuta para trabalhos interpessoais e grupais, assim como uma instrumentação prática que habilite o profissional a atuar com indivíduos e grupos na abordagem gestáltica, refinando sua escuta e olhar para o outro.
Cada encontro compreenderá uma parte teórica e uma prática com vivências de situações interpessoais e grupais que instrumentem o terapeuta na condução e processamento das dinâmicas emergentes. Além disto, os participantes terão oportunidade de discutir e supervisionar durante o curso, o trabalho que desenvolvem e/ou pretendem desenvolver em seus locais de trabalho.

Itens a serem abordados:

  • Visão de ser humano como ser-no-mundo: Campo organismo-ambiente.
  • Relação dialógica e postura terapêutica no trabalho grupal.
  • Fundamentos teóricos do trabalho com grupos.
  • Vivência e instrumentação de processos grupais.
  • Recursos expressivos no trabalho com grupos e comunidades.
  • Exercício de uma visão institucional e comunitária na implantação e /ou execução de projetos.
  • Trabalhos com grupos com problemáticas específicas
  • Orientação na elaboração de projetos
  • Supervisão de projetos e/ou de trabalhos com grupos
A quem se destina:
Curso dirigido a profissionais da área de relações de ajuda: Psicólogos, médicos, enfermeiros, assistentes e trabalhadores sociais, profissionais de saúde e educação, terapeutas expressivos, mediadores, etc.

Carga horária:
56 horas (7 módulos)
Data:
Aos sábados nos dias:
27 de abril
18 de maio
29 de junho
27 de julho
31 de agosto
28 de setembro
26 de outubro
Horário:
Das 09:00 às 18:00 Hs
INVESTIMENTO: R$ 1.732,00 à vista ou 7 parcelas de R$ 248,00 (1ª depósito bancário e as demais cheques, cartão ou boleto bancário)

Corpo Docente:
Selma Ciornai (Coord): CRP 06/55380-3

Doutora em Psicologia Clínicapelo SaybrookInstitute EUA (valid. USP), Mestre em Arteterapia (EUA). Gestalt-terapeuta (Inst. Gestalt de São Francisco, EUA). Fundadora, membro da coordenação acadêmica e docente dos cursos de Arteterapia do Inst. Sedes Sapientiae e do INFAPA, POA. Pioneira na abordagem Gestáltica em Arteterapia no Brasil. Docente do Inst. Gestalt de SP e docente convidada em vários institutos de Gestalt terapia no Brasil e países latinos. Autora e organizadora da série "Percursos em Arteterapia," e de artigos sobre Gestalt terapia publicados em revistas nacionais e internacionais.
Ney Alvares: CRP: 06/30.422
Psicoterapeuta clínico de adultos, casais e em grupo.
Formado em Psicologia pela PUC-SP, especialista em Gestalt-Terapia pelo Instituto Sedes Sapientiae e Especialista em Psicologia Clínica – CRP. Formação em Psicoterapia e Trabalho Biográfico numa perspectiva antroposófica.
Supervisor clínico e coordenador de processos institucionais e de equipes em Saúde Pública.
Membro da formação em coordenação de grupos numa abordagem fenomenológica – FenôEGrupos

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Instituto Tomie Ohtake comemora centenário da artista com obras feitas entre 1956 e 2013


Redação em 04/02/13
 Na quinta, 7, às 11h, o Instituto Tomie Ohtake abre suas portas ao público para comemorar o centenário da artista que dá nome ao espaço. A exposição vai até 24 de março, com entrada Catraca Livre.
A exposição conta com obras da artista feitas entre 1956 e 2013. Também traz artistas contemporâneos como Mira Schendel, Hércules Barsotti, Lia Chaia e Camila Sposati, entre outros. A curadoria feita por Agnaldo Farias e Paulo Miyada procura trazer diversos elementos do trabalho pictórico como cor, gesto e textura.


A dupla de curadores aponta que a exposição procura mostrar a evolução de Tomie Ohtake, mostrando o início de seu trabalho que tinha indícios de circularidade, e que nas últimas três décadas contam com frequentes círculos e espirais em sua produção.

Confira abaixo algumas obras da exposição:







O Que: Comemorações do centenário de Tomie Ohtake
Quando:
  • de 07/02 a 24/03
    • Terças, Quartas, Quintas, Sextas, Sábados e Domingos das 11:00 às 20:00
Quanto: Catraca Livre
Onde: Instituto Tomie Ohtake
http://www.institutotomieohtake.org.br
Rua Coropés, 88
Pinheiros - Oeste
(11) 2245-1900




quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Home Care em Arteterapia e Arte-Reabilitação


Capacitação para Cuidadores de Autistas e outros TGDS


Mestrado Profissional em Análise do Comportamento Aplicada

Mestrado Profissional em Análise do Comportamento Aplicada
(Mestrado Strictu Sensu recomendado pela CAPES com nota 3)

Data: Início 18/03/2013 a 31/12/2014
Hora: Início 14:00 a 22:00
Local: Núcleo Paradigma
Endereco: Rua Wanderley 611 Perdizes
Realizador: Núcleo Paradigma
Telefone: 3864-9732
Observação: O mestrado profissional é uma boa opção para profissionais que almejam o grau de mestre (com os mesmos direitos adquiridos com o mestrado acadêmico), mas preferem uma formação que valorize a experiência profissional e possibilite, de forma mais direta, a aquisição de conhecimentos para uma prática consistente, tecnológica e de excelência.


fonte: http://www.nucleoparadigma.com.br/eventos/?tipo_ec=34&e=2       

Cursos de Especialização

Curso de Especialização em Clínica Analítico-Comportamental
(TURMAS DE FEVEREIRO: MATRÍCULAS ABERTAS - Encontros quinzenais)
Data: Início 15/02/2013 a 15/12/2014
Hora: Início 08:30 a 18:30
Local: Nucleo Paradigma
Endereco: Rua Wanderley, 611
Realizador: Núcleo Paradigma
Telefone: 3864-9732


Curso de Especialização em Análise aplicada do comportamento (ABA)
(ao transtorno do espectro autista e atraso no desenvolvimento.)
Data: Início 22/02/2013 a 01/12/2014
Hora: Início a
Local: Núcleo Paradigma
Endereco: Rua Wanderley 611 Perdizes
Realizador: Núcleo Paradigma
Telefone: 3864-9732
Observação: Horário: quinzenalmente às Sextas e Sábados

Sextas: das 16:00 às 21:00hrs

Sábados: das 09:00 às 16:30hrs (1º módulo)
Das 8:30 as 16:30 (a partir do 2º módulo).
http://www.nucleoparadigma.com.br/eventos/?tipo_ec=11&e=2

MS abre consulta pública sobre linha de cuidado para pessoa com transtornos do espectro autista

 



01/02/2013 , às 15h47

MS abre consulta pública sobre linha de cuidado para pessoa com transtornos do espectro autista


O Ministério da Saúde (MS), por meio da área técnica de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas, publicou hoje (1º/02), no Diário Oficial da União, a abertura de consulta pública de documento para a ampliação do acesso e a qualificação da atenção às pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo e suas famílias no território nacional, nas diferentes Redes de Atenção à Saúde.

O texto da consulta está disponível nos sites: www.saude.gov.br/sas e www.saude.gov.br/consultapublica. As sugestões devem ser encaminhadas ao Ministério da Saúde, até 02 de março, exclusivamente para o endereço eletrônico: linhacuidado.autismo@saude.gov.br, especificando no título da mensagem o número da consulta pública e o nome do anexo. As contribuições deverão ser fundamentadas, inclusive com material científico que dê suporte às proposições.

O documento é resultado da ação de um Grupo de Trabalho formado por representantes de universidades, da sociedade civil, gestores e profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS), coordenado pela área técnica de Saúde Mental Álcool e outras Drogas (ATSM), do Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas (Dapes), da Secretaria de Atenção à Saúde (SAS), do Ministério da Saúde. O trabalho foi desenvolvido em parceria com as áreas técnicas de Saúde da Criança e Aleitamento Materno (ATCAM), da Saúde da Pessoa com Deficiência, e da Rede de Atenção à Urgência e Emergência (RUE). Agregou, ainda, parceiros do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Ministério da Educação e Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

*** Clique aqui e veja a íntegra do documento

domingo, 3 de fevereiro de 2013

O ARTETERAPEUTA ESTÁ NO CBO

 

O ARTETERAPEUTA ESTÁ NO CBO    - CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRA DE OCUPAÇÕES


 
É um grande passo para o reconhecimento da profissão!

A família 2263  -  Profissionais das terapias criativas e equoterápicas foi publicada no site da CBO.

2263-05 - Musicoterapeuta

2263-10 - Arteterapeuta
2263-15 - Equoterapeuta
 


Descrição:
Realizam atendimento terapêutico em pacientes, clientes e praticantes utilizando programas, métodos e técnicas específicas de arteterapia, musicoterapia e equoterapia. Atuam na orientação de pacientes, clientes, praticantes, familiares e cuidadores. Desenvolvem programas de prevenção, promoção de saúde e qualidade de vida. Exercem atividades técnico-científicas através da realização de pesquisas, trabalhos específicos, organização e participação em eventos científicos.

Maiores informações: http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/pesquisas/ResultadoOcupacaoMovimentacao.jsf



         

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Sesc Belenzinho

Apresentações de música e dança celebram a cultura popular brasileira no Sesc Belenzinho

 
divulgaçãodivulgação
A Cia Cabelo de Maria é um dos grupos que se apresenta no projeto Mil Brasis do Sesc Belenzinho



Em fevereiro, o Sesc Belenzinho promove o projeto Mil Brasis, que convida a todos a vivenciar e celebrar a cultura popular brasileira por meio da música e da dança.
Coco, maracatu, cavalo-marinho, frevo, ciranda, caboclinho e baianá estão entre as manifestações populares nas apresentações, todas com entrada Catraca Livre.
Leia Mais


 
Confira a programação completa:
PANCADA MOTOR - BAIANÁS
Dias 9 e 11, sábado e segunda, às 18h
Com a Cia Cabelo de Maria. O novo show do grupo apresenta o Baianá, um folguedo originário de Pernambuco que teve o seu auge em Alagoas entre os anos 20 e 50. O Pancada Motor, antigo nome dado ao Baianá, é repleto de letras e melodias elaboradas, associadas ao ritmo contagiante. O repertório de 18 músicas foi recolhido a partir das andanças da musicista Renata Mattar ao longo de mais de quinze anos por todo Brasil.

SAMBADA DE REIS
Dia 3, domingo, às 18h
Com Cia Mundu Rodá. Ao som de instrumentos típicos como a rabeca, bombos de corda, bajes, mineiro, sanfona e bandolim, integrantes e folgazões cantam e dançam em homenagem aos brinquedos tradicionais brasileiros. O ritmo pulsante da música é acompanhado por diferentes coreografias e passos denominados “trupés” e que fazem referência ao Cavalo Marinho pernambucano. Bonecos gigantes e figuras mascaradas como “Valentão”, “Mateus”, “Mané Pequenino”, “Margarida”, “Cavalo Marinho” e “Boi” integram o grande baile oferecido em homenagem ao Capitão Marinho. A festa se completa com a participação do público que se une ao cortejo formando uma roda para cantar, dançar e festejar os cocos de despedidas.

ARRASTÃO MUSICAL
Dias 10 e 12, domingo e terça, às 18h
Com Batuntã. Cortejo repleto de danças, cantos e ritmos tradicionais populares, em que o grupo apresenta composições sobre ritmos como maracatu de baque-virado, afoxé e samba-de-roda. Nessa apresentação, o público se transforma em “brincante” e é convidado a dançar e a cantar as toadas puxadas pelo mestre.

MARACATU QUILOA
Dia 24, domingo, às 18h
O cortejo apresenta composições próprias e das Nações do Maracatu Porto Rico e Maracatu Encanto do Pina, nações de Recife que os integrantes do Quiloa também fazem parte. O grupo apresenta as músicas que compõem seu primeiro espetáculo “DVD AO VIVO” e traz elementos da cultura popular de Recife com sotaque da Cidade de Santos, litoral de São Paulo. O repertório conta com músicas, também chamadas de loas, que fazem referências à cultura negra e também de religiões de matriz africana.

GLOCALIDADES DE PERNAMBUCO
Dias 17 e 24, domingos, às 16h
Com Núcleo Pé De Zamba. Direção de Andrea Soares. Espetáculo de improvisação de música e dança que propõe a interface entre o contemporâneo-popular-brasileiro baseado na pesquisa do Núcleo. Com linguagens tradicionais ou urbanas, transita por aspectos religioso-profanos das brincadeiras populares pernambucanas, como o cavalo-marinho, o maracatu, o frevo e o caboclinho, com a participação de músicos convidados.

TRUPE TRUPÉ
Dias 3, 10 e 12, domingos e terça, às 16h
Em seu novo show, a Trupe Trupé traz ao público um pouco das folias do Brasil. Passando por frevos, caboclinhos e maracatus do nordeste, pelo boi do norte e centro-oeste e marchinhas e samba de bumbo do sul e sudeste. Bonecos gigantes de Olinda, cabeções, boi e personagens, como o Mestre Sala e Porta Bandeira, Dama do Paço, Passista e muito mais, exploram as mais diversas possibilidades de brincar.

FOLIA DA TRIBO
Dias 9 e 11, sábado e segunda, às 16h
Show teatral em que a Cia da Tribo celebra os folguedos, as danças, as músicas e ritmos populares brasileiros, mostrando poeticamente características do povo brasileiro através de sua ampla diversidade cultural. Da festa do Bumba-Meu-Boi até o Carnaval, do Forró ao Caboclinho, dos Pigmeus às Burrinhas, da Ciranda aos Bonecos Gigantes, são estes os “personagens” do espetáculo sem texto e com muita música, no qual seis atores/músicos tocam, manipulam bonecos, cantam e dançam as festas dos quatro cantos do Brasil.

HISTÓRIAS DE DANÇAS E FESTANÇAS
Dias 16 e 23, sábados, às 16h
Música, brincadeira e dança fazem parte das divertidas histórias que o trio, Andi Rubinstein, Renata Mattar e Gustavo Finkler irão contar a partir das diversas manifestações populares brasileiras.

Quanto:Catraca Livre
Onde:Sesc Belenzinho
http://www.sescsp.org.br/sesc
Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho - Leste
(11) 2076-9700
 

Memorial da Inclusão - Exposição fotográfica “Vidas em Cenas"



O Memorial da Inclusão, abre espaço para exposição fotográfica “Vidas em Cenas”,de 08 de fevereiro a 31 de março. Exposição que retrata o cotidiano de pessoas com deficiência, em 12 imagens fazendo uma linha do tempo da infância a terceira idade.

Vidas em Cenas é uma exposição itinerante do projeto Imagem e Inclusão, que pertence a empresa Mãe Especial. Curadoria de Antônia Yamashita com imagens de Kica de Castro e colaboração do fotógrafo Arthur Calasans.

A exposição teve inicio em 21 de setembro de 2012...,na estação do metro Sé. A data foi escolhida por ser o dia nacional da luta das pessoas com deficiência.

"Nosso objetivo é mostrar que o cotidiano das pessoas com deficiência é igual ao das outras pessoas”,resume a empresaria e pedagoga Antônia Yamashita.
Algumas imagens são diferentes da exposição anterior.

Vale apena conferir e ressaltar que a exposição é totalmente adaptada para receber visitantes com deficiência. As legendas das imagens, por exemplo, tem fonte aumentada – para poderem ser lidas por quem tem baixa visão – transcritas em braile e áudio descrição das fotos, o que permite que pessoas com deficiência visual também participem. As imagens mostram pessoas com todos os tipos de deficiência: visual, auditiva, motora e intelectual.

Lançamento da nova temporada da Exposição Vidas em Cenas:
Dia: 08/02/2013
Horario: 16:00
Local: Memorial da Inclusão (Barra Funda)

Tempo que a exposição ficará em cartaz
08/02 à 30/03

Visitação
Entrada Franca
das 10:00hs às 17:00 hs
Seg. à Sex.


Informações:
www.imagemeinclusao.com.br
contato@maeespecial.com.br